Apoio às escolas - Outubro 2018

Outubro 2018

E vamos arrancar com um novo ano! Sejam bem-vindos. Repito aqui o que disse no início do outro ano, quem já sabe pode saltar.

Sei que a mesma pessoa, depois de vários exercícios, começa a escrever cada vez melhor, aprendendo a editar o seu texto, escondendo sentidos subentendidos, brincando com prazer com significados, tempos verbais, sintaxe e metáforas. E tenho conseguido provar isso com os textos das escolas.

A utilização destes desafios com constrangimentos provoca:

  • O alargamento do vocabulário.
  • O aprofundamento da sintaxe.
  • Um trabalho de edição de texto cada vez mais apurado, sabendo procurar tiques de linguagem e palavras repetidas sem necessidade, e sabendo olhar para os significados e manipulá-los para dar força ao texto.
  • Uma maior facilidade em abordar textos de tema livre ou com um tema vago.
  • Mais prazer em escrever.
  • Mais curiosidade em ler.

Para não termos problemas com os dados de cada aluno, peço-vos que enviem sempre o nome (por exemplo: Joana Barros), pois eu apenas porei «Joana B.» (porque há sempre muitos nomes repetidos). Para eu guardar os textos por aluno, preciso do apelido, mas para quem vai ao blogue isso não interessa. Pode ser assim?

Vou sugerir, mês a mês, desafios que me parecem os adequados, mas podem escolher outros à vontade, sem qualquer problema.

PARA ESTE MÊS

Vou deixar-vos para este mês um quebra-cabeças e um mais «livre», se é que isso existe. No fundo, há sempre qualquer coisa para não permitir que tenham a folha em branco, que é assustador.

Reparem que, nestes dois, temos um caminho de palavras e no outro uma ideia. Será bom começar pela ordem aqui dada, para alternar o tipo de condicionamento.

Convido-vos, professores, a fazerem com os vossos alunos, vale a pena ver como se sentem acompanhados com essa vossa disponibilidade.

Desafio nº 148

Façam uma rápida associação sequencial de 10 palavras a partir de ― BISNAGA

A única regra é esta ― nesta associação teremos mesmo de fazer depressa esta associação, não pensem muito… Usem-nas agora pela ordem que surgiram! Podem adaptá-las à vontade. 

Já só faltam 67!

Eu escrevi assim:  

Espremeu a bisnaga com tanta força, que acertou diretamente nos dentes. A escova riu-se dela. Não esmoreceu. Munida de uma simpatia capaz de derreter as antipatias ou resmunguices, até mesmo as impaciências, entrou no novo emprego animada. Foi surpreendida pela pressa com que os colegas lhe disseram que fugisse pela porta antes de chegar o patrão. Não fugiu logo, não os entendeu. Mas quando o viu chegar e sorrir de maldade, não hesitou na saída ― que bruxo!

Margarida Fonseca Santos, 57 anos, Lisboa

Desafio nº 148 ― associação de palavras (bisnaga)

(ainda não tenho exemplos de crianças)

Desafio nº 145

 

Hoje, trago um desafio muita liberdade! Vamos lá ver o que sai assim…

Que texto terá de começar por:

«O dia/A noite começou quando ele/ela/nome acabou…»

Eu escrevi assim:

O dia começou quando Zeferino acabou o turno. Não havia meio de se habituar a trabalhar assim, semanas de dia, outras de noite, na fábrica, ou no armazém. O problema era não conseguir de surpreender a mulher com um presente especial. Gostava tanto dela, tanto…

Naquela manhã, encontrou-a ainda em casa. Afligiu-se, mas afinal era uma surpresa muito maior do que a que imaginara: iam ser pais!

― Foi o melhor presente que me deste!

E Zeferino ficou em transe.

Margarida Fonseca Santos, 57 anos, Lisboa

Desafio nº 145 ― o dia/noite começou quando…

(também ainda não tenho deste, saíram no verão)

Para enviar, é o mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Dúvidas, histórias, desabafos ou partilhas, usem-no à vontade.

Bom ano a todos, vamos lá melhorar a aprendizagem!

Um abraço

Margarida Fonseca Santos

Marcações: 77 palavras,, margaridafonsecasantos,, PNL,, #77palavras

A huge collection of 3400+ free website templates, WP themes and more http://jartheme.com/ at the biggest community-driven free web design site.