Apoio às escolas - Abril 2018

Desafios de escrita em… 77 palavras

E já vamos para o terceiro período, reta final do ano. Obrigada pela vossa dedicação ― têm sido exemplares, e acredito que este último período vos deixe com trabalho acrescido, mas queria contar-vos a minha ideia para os dois meses que temos pela frente, abril e maio.

Em abril, iremos andar sobretudo de volta de exercícios com obstáculos variados, no fundo, vamos insistir mais para que alarguem horizontes em várias áreas. Em maio, iremos ter a leitura final das diferenças. Serão textos mais livres, com temas, imagens, etc., serão aqueles em que testaremos realmente se evoluíram ou não.

Atenção ― à data de receberem este PDF, alguns dos desafios podem ainda não ter aparecido no blogue, não se assustem com isso.

Mês de abril de 2018

Vamos então andar a quebrar cabeças, pois sabemos bem que lhes alarga o vocabulário utilizado, põe em causa formas verbais demasiado usadas, provoca um uso consciente da sintaxe, e por aí fora.

Aqui ficam propostas nada simples, aviso já!

Dou vários, mas só precisam de escolher um ou dois, como de costume ― quem quiser deixar uns para junho, deixe.

 

Desafio nº 135 – 7 palavras com ITO

Que palavras conhecem que acabam com ―ito? (atenção, não podem ser diminutivos!) Procurem 7. Já encontraram?

Estas palavras estarão, por ordem alfabética, no vosso texto, será bem divertido!

Eu escrevi assim:

Já havia muito atrito entre eles. Maria Josefa queria servir cabrito no almoço com o presidente da junta, Jorge Manuel, não ― preferia bacalhau. Gritava tanto com a mulher que, servir cabrito mais parecia um terrível delito. Maria Josefa não estava com paciência para o trocar infinito de razões e discussões. Foi nesse instante que caiu o meteorito. Jorge Manuel, de palito ao canto da boca, ficou espalmadinho no chão. «Perfeito», concluiu Josefa, «vou fazer cabrito e pronto.» (MFS)

EXEMPLOS:

Com o ano letivo no fim, em menos de uma semana este era o terceiro conflito entre os irmãos Gonçalo e Sofia descrito pelo pai Luís como um hábito que o deixava extremamente insatisfeito. Por mais que os tivesse avisado e repreendido, o mérito do final de toda a confusão gerada foi da mãe Salomé que, com o propósito de apaziguar as normais rivalidades, e para proveito dos irmãos, marcou férias em família numa distante ilha paradisíaca. Sofia Costa, 13 anos, Agrupamento de escolas João da Silva Correia, S. João da Madeira, prof Ana Paula Oliveira

Alberto sai de casa aflito. Afinal, o esquisito episódio com Antónia não fora explícito; a troca de olhares pode ter sido apenas um acaso de retinas e o sorriso explicar-se-ia por um espasmo maxilar, ou simples demonstração de gratuito obséquio. Alberto não é, nem nunca foi, perito em matérias de amor. Disseram-lhe ser importante requisito ser tácito numa primeira abordagem. Ah, mas eles certamente desconhecerão quão difícil é controlar o fogo que nele arde quando a vê… Catarina Rosa, 18 anos, Portimão

 

Desafio nº 140 ― 12 letras A I O L P C R D S T M N

Lembram-se do desafio nº 8, em que só tínhamos 12 letras? Foi muito divertido, não foi?

Sabiam que podemos refazer o desafio usando o I em vez do E? É isso que vos proponho: escrever um texto usando apenas estas letras:

A I O    L P C R D S T M N

Já escrevi o meu, aqui vai:

Dia do soco, o primo insistia. Adília, coitada, ia sorrindo para mim. Prima mal-amada, claro, prima para socar. Mário insistia no dito soco. Só soco tosco, mas dado na prima Adília. Mas não iria mais andar ao soco. Irritado, Mário inicia a dança dos socos. Como dar soco na prima assim, dançando? Adília ia apontando para a mala. Insistia na partida.

― Para com isso ― atiro ao Mário. ― A Adília ainda…

Mais nada… Partia rápida, a prima Adília. (MFS)

Ainda não há EXEMPLOS, mas já fiz em vários grupos – mas eram grupos avulsos de jovens e não fiquei com os resultados.

 

Desafio nº 132 ― AOR + 1

Encontrem 15 palavras de 4 letras que tenham sempre AOR + uma nova.

Essas palavras, pela ordem que quiserem, estarão dentro do vosso texto. Toca a escrever!

Eu diverti-me imenso, saiu assim:

O rato quer voar, mas, lá onde mora, comem broa a toda a hora e mais parece uma orca. Paro para explicar que a rota de voo ia do adro da igreja à roda da nora. O raio do bicho insiste num voo raso, como açor de longo curso e eu armo uma zaragata: é uma estupidez! Rapo o sebo ao palerma, com ramo de oliveira. Não grito vitória, o rato foge já na proa do navio. (MFS)

EXEMPLOS ― mesmo caso, mas é muito divertido vê-los encontrar palavras!

 

Desafio nº 136 – 5 pares de palavras, sem e com prefixo

Vamos procurar 5 pares de palavras, usando os 7 seguintes exemplos de prefixos:

MICRO / CONTRA / ANTI / EXTRA / SOBRE / PRE / EX

Que história sai desta amálgama de palavras?

Eu escolhi: microempresa/empresa + contraproposta/proposta + antissocial/social + prever/ver + ex-marido/marido. E saiu isto:

Juliana montou uma microempresa de sopas. Já que gozavam com ela por ter nome de sopa, mais valia executar a proposta, talvez enriquecesse. O ex-marido previra que aquilo não daria frutos, a Juliana era muito antissocial. Mas quando viu a empresa a crescer, veio com uma contraproposta para entrar como sócio, ou mesmo como marido, pois via quanto ela ganhava e sempre ganhava também. O sucesso crescia, não havia rede social que não falasse de Juliana. (MFS)

EXEMPLOS ― fiz em grupos (na escola onde estou no projeto READ ON e nas férias da Páscoa), mas não foram enviados.

 

Desafio nº 141 ― 3 letras do fim no início da palavra seguinte

Vamos encadear palavras utilizando as últimas 3 letras para serem as primeiras 3 da palavra seguinte (atenção!, não são sílabas). Teremos de chegar a dez palavras.

Exemplo: COMÉTICA ― ÍCAROAROMA ― OMAR ― MARÍTIMO ― IMOBILIZOU-SE

Iremos partir desta palavra: ESPLANADA

Essas 10 palavras terão de entrar no vosso texto pela ordem que quiserem, mas o texto tem de ter 77 palavras

Experimentando, deu-me isto: Percurso que fiz: esplanada ― adaptado ― adormecido ― idolatrar ― raríssimas ― máscara ― arame ― amêndoa ― doado ― adoentada

Depois daquela tarde na esplanada, Josefa voltara adoentada, a precisar de um licor de amêndoa. Recostou-se, consolada, e teria adormecido se não aparecesse aquele chato, de arame nos dentes, a agradecer o espólio doado à freguesia. Nas raríssimas características simpáticas de Josefa, não havia qualquer sentimento adaptado a situação. Detestava vê-lo idolatrar o pai, que a criara a chicote e cm uma máscara de prepotência que ainda hoje a esmagava. Enxotou o homem e voltou ao sofá. (MFS)

EXEMPLOS não há, ainda não foi publicado.

 

Um grande abraço para todos

Margarida Fonseca Santos

Marcações: 77 palavras,, margaridafonsecasantos,, PNL,, #77palavras

A huge collection of 3400+ free website templates, WP themes and more http://jartheme.com/ at the biggest community-driven free web design site.