Apoio às escolas - nov/dez 2018

Apoio às escolas ― nov/dez 2018

Preparados para mais uns desafios? No ano passado, aconteceu uma coisa linda: os miúdos ficaram chocadíssimos por não haver desafios para dezembro ― foi incrível! Por isso, acautelando esta situação, o melhor é deixar-vos três desafios que já incluem o de dezembro, aqueles quinze dias antes das férias.

Recebi, ontem, textos surpreendentes de um desafio que, achei eu, seria demasiado difícil para os mais novos, este desafio. Isto deixou-me a pensar que, em vez de complicar, como nós, adultos, às vezes fazemos, para estes meninos de 5.º e 6.º anos foi divertidíssimo. Aprendi uma lição, claro, não devemos antecipar dificuldades onde pode não haver…

Era este o desafio, se quiserem experimentar:

Vamos a um daqueles desafios em que vos vai apetecer pôr-me com dono. Preparados?

Serão tudo frases com sete palavras – 11 frases!

Desafio nº 153 ― frases com APOTERA

Mas sempre com esta ordem de letras de início de palavra:

A P O T E R A

Eu fiz à mão, com as letras já no papel, para não me perder, e a história resultou assim:

Adília Pôs-se Onde, Tinha Esperança, Reuniria Associados.

Ainda Poderia Obter, Talvez, Esses Renegados Azarados.

Adiantou Propostas Obtusas, Tendo Enredado Realmente Alguns.

Agora, Proferia O Tremendo Esquema Reabilitador Apoteoticamente.

As Pessoas Ouviram Tudo E Reagiram, Alarmadas.

Afinal, Para Obter Tanto Eleitor, Regurgitara Aldrabices!

Ah, Pensava Orlando, Tinha-a Enleado, Ria, Ausente.

Adília Pensava-se O Terror Em Ravina, Alucinada.

Após Palavras Onde Todos Evidenciavam Revolta, Alarmou-se.

Até Protelou Outra Tentativa, Era Realmente Assustador.

Adiou Profecias Oníricas, Tentando Enfim Recuperar Amigos…

MFS

 

Alguns exemplos:

A Petra organiza trabalhos escolares revistos ambientalmente.

Ajuda para o trabalho económico responsável ambiental.

Alguns políticos odeiam tratar eficientemente roturas aquáticas.

A poluição obriga trabalho ecológico rural atmosférico.

Acaba por obter tratamentos espetaculares remodeladores ambientais.

Adoramos participar, ouvir, trabalhar em recursos ambientais.

Amigos próximos obtiveram tutorias específicas renovando algas.

Algas possuíam óleos temperamentais especiais renovando a atmosfera.

Atmosfera poluída origina envelhecimento raro astronómico.

Astrónomos podem obter totais evoluções raras ambientais.

Ambientalistas procuram objetivos totais específicos revolucionários astronómicos.

Camila e Matilde, EB23 Dr. José Neves Júnior, Faro, prof Maria Manuel Patrício

 

Anda, para ouvires todas estas rimas adoráveis

Arte, para ouvires todos, e respeitares amigos.

Ajudar, para o tempo expandir risinhos amorosos.

Adoramo-nos porque todos estamos raramente aborrecidos.

Amor, por olhar tudo, especialmente rosas amáveis.

Amigas para ouvir tudo e rir, amavelmente.

Adoramos partilhar os trabalhos em reuniões amigáveis.

Amigas para ocultar tristezas em ruas apertadas.

Andamos pelas outras tradições espalhando risos alegres.

Anda provar o tempo especial, referindo amizade.

Agora, porque o tempo está reduzido, adeus!

Bárbara e Marta, 10 anos, EB23 Dr. José Neves Júnior, Faro, prof Maria Manuel Patrício

 

Vamos agora aos destes meses. Ainda não tenho exemplos, pois estão a ser lançados agora.

Teremos um a partir das letras, outro de palavras e um terceiro a partir de uma ideia.

Já sabem que todos os desafios lançados até agora estão disponíveis, podem consultar na página ou no blogue, onde aparecem organizados por assuntos.

A cada formação que dou, a cada grupo de crianças com quem trabalho, o efeito é sempre o mesmo: o facto de terem algo que os apoia (o desafio em si) em vez de uma folha branca, o ser um jogo divertido e o facto de parecerem poucas palavras (e nem sempre o são…), transforma os desafios em motivadores de escrita, é verdadeiramente extraordinário.

Um beijinho a cada um, queridos professores

Margarida

 

Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Vamos lá dar a volta aos neurónios…

Encontrem 6 palavras que tenham G e D.

Agora, o texto terá estas 6 palavras e terá de ser escrito em… 77palavras! ☺

Nunca fora gorda, mas o seu andar, dengoso e insinuante, só atraía figurões que ninguém queria. Eram sempre os mais gordurentos que a seguiam. Vinham ter com ela, de guedelha afogada em brilhantina, e falavam-lhe ao ouvido.

Aí, com a genialidade herdada da mãe, exímia vendedora de feira, atacava-os no ponto fraco:

― Tão gordo que está! Já pensou em emagrecer? Tenho aqui um granulado que faz maravilhas. Não quer experimentar?

Caíam sempre. Emagreciam em sofrimento por ela.

MFS

 

Desafio nº 151 ― palavras com espargo

Nada como palavras desconexas para nos aguçar as ideias, não é?

Vamos então ao suplício de hoje.

Que conto poderá juntar estas palavras?

CAPOTE  MISSANGA  FUNIL  ESPARGO  PÁGINA  TREPAR  GRITO

A ordem é livre e podem adaptá-las, já sabem. Divirtam-se!

Eu fiz assim:

Não quis mostrar a missanga que encontrara, pois sabia que fora oferecida à tia pelo Emílio Espargo. Como eu odiava o homem, com uma soberba encapotada, que correra comigo do jornal aos gritos, e tudo por causa de uma página de pernas para o ar (e que muitos tinham achado divertido)… Se pudesse, rachava-lhe a cabeça e, munida de um funil, metia-lhe areia no cérebro. Era vê-lo trepar às paredes com o medo de não ser inteligente.

MFS

 

Desafio nº 157 ― hist de coragem sem O

Vamos lá contar uma história de coragem!

Preparados? Ah, só um pequeno detalhe ― não usem a letra O, combinado?

(atenção ― este deverá sempre ser o último, pois só irá aparecer no blogue a 10 de dezembro, pode ser?)

A minha loucura escreveu-se assim:

Qual seria a realidade perfeita? Sem maus? Sem azares? Sem amizades verdadeiras, apenas virtuais? Talvez uma equilibrada, que juntasse a alma da vida e a ansiedade da incerteza.

Assim fez Jaime. Decidiu partir amarras e atirar pela janela a causa da dependência. Ficava sem net, sem instagram, sem twitter, sem qualquer rede anti-serenidade, sem stress. Ainda viera, na queda, uma chamada de whatsapp, mas nem tal fez ferida. Livre, ia caminhar pela cidade e reaprender a viver. 

MFS

Apoio às escolas - Outubro 2018

Outubro 2018

E vamos arrancar com um novo ano! Sejam bem-vindos.

Repito aqui o que disse no início do outro ano, quem já sabe pode saltar.

Sei que a mesma pessoa, depois de vários exercícios, começa a escrever cada vez melhor, aprendendo a editar o seu texto, escondendo sentidos subentendidos, brincando com prazer com significados, tempos verbais, sintaxe e metáforas. E tenho conseguido provar isso com os textos das escolas.

Continue a leitura

Apoio às escolas - Maio 2018

Desafios de escrita em… 77 palavras

Estamos no último PDF deste ano letivo.

Muito se caminhou, entretanto, e só posso agradecer aos professores incansáveis que enviaram os textos dos seus alunos e que vão permitir que se «leia» os seus progressos ao longo do ano. Muito obrigada.

Estes últimos desafios são bastante mais livres. Deixo vários, para poderem escolher quais serão melhores para as vossas turmas. Não têm tantos constrangimentos, e é propositado ― está na hora de vermos como, tendo mais liberdade e estando já numa fase avançada do trabalho de corte e costura, conseguem fazer estes desafios.

São sobretudo ideias, metáforas, temas. Estou desejosa de receber os textos dos vossos alunos.

Um grande abraço a todos os que, este ano, embarcaram comigo nesta aventura.

Margarida Fonseca Santos

Continue a leitura

Apoio às escolas - Abril 2018

Desafios de escrita em… 77 palavras

E já vamos para o terceiro período, reta final do ano.

Obrigada pela vossa dedicação ― têm sido exemplares, e acredito que este último período vos deixe com trabalho acrescido, mas queria contar-vos a minha ideia para os dois meses que temos pela frente, abril e maio.

Em abril, iremos andar sobretudo de volta de exercícios com obstáculos variados, no fundo, vamos insistir mais para que alarguem horizontes em várias áreas. Em maio, iremos ter a leitura final das diferenças. Serão textos mais livres, com temas, imagens, etc., serão aqueles em que testaremos realmente se evoluíram ou não.

Continue a leitura

Apoio às escolas - Março 2018

Estamos, como todos sabemos, no mês em que se comemora a leitura. Por essa razão, acho que deveria partilhar convosco os desafios em que, partindo de uma frase de um escritor, chegamos a um texto.

Acredito que, quando o fazemos, despertamos a curiosidade pelo texto lido, mas também pela forma como as palavras foram utilizadas. É algo que faço sistematicamente: assinalar frases que nos deixam sem fôlego, que nos prendem a atenção. Acredito que é assim que começamos a valorizar no livro, para além da história, a beleza do texto.

Continue a leitura

A huge collection of 3400+ free website templates, WP themes and more http://jartheme.com/ at the biggest community-driven free web design site.